via: 「誰とどこで飲んだか言えない」…高級クラブが日本のコロナの穴(中央日報日本語版) - Yahoo!ニュース

Japão

“Não posso dizer onde eu estava, e com quem eu estava” Infectados dificultam a prevenção de COVID-19

Tóquio tem grande aumento no número de contágio por coronavírus, pois os infectados não colaboram com os questionários para descobrirem o caminho de contágio do vírus.

Os infectados dizem ser invasão de privacidade os questionários sobre o caminho de contágio do coronavírus, pois precisam explicar onde foram, e com quem estavam durante duas semanas.

O governo japonês havia anunciado que o contágio era comum em casas de shows, abrigos para idosos, e academias, porém estão sendo confirmados vários casos de contágio em clubes noturnos de classe alta em Tóquio.

Os infectados dizem “não poder responder onde estavam nas últimas duas semanas”, então os questionários não são respondidos por motivo de sigilo. Os clubes noturnos de Roppongi e Ginza estão sendo os locais de maior contágio atualmente.

Quando questionados sobre “com quem estavam” ou “em qual restaurante foram”, os infectados não respondem dizendo que não querem prejudicar o nome das pessoas com quem estiveram.

“O aumento de pessoas que não sabem onde aconteceu o contágio é um perigo para a sociedade japonesa, já que pode resultar em uma cadeia de infectados e agravar o atual problema”, disse um executivo da província de Tóquio. “Falando honestamente onde você esteve dentro de duas semanas, você estará protegendo a saúde das pessoas envolvidas”, completou.

Em Israel o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu pediu para que todos de seu país fossem rastreados usando informações de localização de telefones celulares e medidas semelhantes também ocorreram na China.

 


"Não posso dizer onde eu estava, e com quem eu estava" Infectados dificultam a prevenção de COVID-19 Japão