via: Tokyo bourse urges listed firms to respect human rights in new code - The Mainichi

International Japão

Novas diretrizes da Bolsa de Tóquio promove o respeito aos direitos humanos

2021.06.13

As novas diretrizes da Tokyo Stock Exchange Inc. lançadas nesta sexta-feira (11) incentiva às empresas listadas na bolsa a respeitarem os direitos humanos e pede que sejam tomadas medidas em relação as mudanças climáticas, uma tentativa de promover o crescimento sustentável no mundo corporativo.

A mudança ocorre em um momento em que as empresas estão sob crescente escrutínio de investidores para saber se eles ou seus parceiros estrangeiros estão utilizando trabalho forçado análogo a escravidão, um exemplo é a sanção dos Estados Unidos e outras nações ocidentais impuseram à China por supostos abusos dos direitos humanos contra a minoria muçulmana uigur na região ocidental de Xinjiang.

Em maio, soube-se que a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA bloquearam um envio de camisas masculinas da rede de roupas Uniqlo por supostamente violar a proibição de importação de itens contendo algodão proveniente da região de Xinjiang.

De acordo com as novas diretrizes, as empresas listadas agora são obrigadas a adotar padrões mais rigorosos de controle e fiscalização. O novo código promove que o respeito aos direitos humanos, ao meio ambiente e outras questões de sustentabilidade ambiental “pode ​​levar a oportunidades de ganhos e também à redução de riscos”.

Em relação as mudanças climáticas, as diretrizes dizem que as empresas devem divulgar informações relativas aos riscos para suas operações e resultados.

Embora não sejam obrigatórias, as diretrizes solicitam que as empresas que não as respeitem expliquem as razões pelo descumprimento.

Leia também:

Banco Mundial vê crescimento global de 5,6% em 2021, o melhor desde 1973

Governo japonês exige que ministérios e agências eliminem o uso de aparelho fax até o final de junho

Companhia de aviação ANA inicia a vacinação de funcionários, a primeira entre as empresas japonesas

#diaadia


Novas diretrizes da Bolsa de Tóquio promove o respeito aos direitos humanos International Japão