via: Tokyo Games cancellation would cost Japan $17 billion, Nomura says | The Japan Times

Japão

O cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio custariam cerca de 1,81 trilhão de ienes ao Japão

2021.05.26

Levando em consideração o cenário atual, muitas pessoas provavelmente já fizeram a pergunta: “Por que o Japão ainda não cancelou as Olimpíadas de Tóquio?”.

O Japão está tentando conter as infecções por coronavírus para poder realizar os jogos conforme o programado, mas agora com apenas dois meses de distância da abertura, um aumento nos casos de coronavírus está dividindo ainda mais opiniões sobre a realização do evento.

O cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio (com abertura prevista para o dia 23 de julho) custaria ao Japão mais ou menos 1,81 trilhão de ienes, segundo uma estimativa realizada pelo Nomura Research Institute.

“Mesmo se os jogos foram cancelados, a perda econômica será menor do que (os danos causados) por um novo estado de emergência”-afirmou Takahide Kiuchi, economista executivo do Nomura Research institute.

Ganhos e perdas econômicas

Considerando a realização das Olimpíadas de Tóquio sem a presença de espectadores, o valor dos benefícios econômicos seria de 1,66 trilhão de ienes -cerca de 146,8 bilhões de ienes a menos do que se fossem realizados com espectadores que residem no Japão.

Pesquisas da mídia japonesa evidenciam a preocupação dos japoneses em relação ao Jogos Olímpicos, com quase 60% dos entrevistados dizendo que são a favor do cancelamento dos Jogos em uma pesquisa realizada pelo jornal Kyodo.

Segundo cálculos realizados por Takahide Kiuchi, economista executivo do Nomura Research institute, o primeiro estado de emergência do Japão resultou em uma perda de cerca de 6,4 trilhões de ienes. Já o segundo estado de emergência, 6,3 trilhões de ienes e o atual provavelmente levará uma perda de 1,9 trilhão de ienes, podendo aumentar a medida que o estado de emergência for prolongado.

Na semana passada, o vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que os Jogos Olímpicos (23 junho-8 agosto) seriam realizados mesmo se Tóquio estivesse sob estado de emergência.

Leia também:

CEO da Rakuten diz que realizar as Olimpíadas de Tóquio é uma ‘missão suicida’

#diaadia


O cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio custariam cerca de 1,81 trilhão de ienes ao Japão Japão