Pandemia de 2020 vira mangá online e atrai diversos leitores

A editora Kodansha Ltd. anunciou na última sexta-feira (22) que lançará um projeto com mais de 50 artistas de mangá para retratar a vida cotidiana durante a pandemia de coronavírus.

As tiras curtas de mangá estarão disponíveis a partir do dia 15 de junho no site oficial da empresa e na conta do Twitter dedicada ao projeto “Manga Day to Day“. Os artistas de mangá produzirão uma história em quadrinho por dia para o projeto, descrevendo como a vida cotidiana tem sido desde 1º de abril deste ano.

Tetsuya Chiba, conhecido por sua ilustração da popular série de mangás “Ashita no Joe“, produziu o primeiro mangá “Aku-dama” (Alma demoníaca), uma história em quadrinhos humorística que já pode ser acessada na conta do projeto no Twitter.

A Kodansha planeja publicar os mangás em formato de livro no início de 2021. Um representante da empresa disse: “A vida cotidiana das pessoas está mudando repentinamente, e elas (as tiras de mangá) não apenas informarão aos leitores de hoje as mudanças na vida cotidiana, mas também informará as gerações futuras nos próximos 100 ou 200 anos “.

Você pode acessar mais mangás (em japonês) no site oficial da empresa. Além disso, a conta do projeto no Twitter já conta com mais de 2 mil seguidores!

Tradução da tirinha:

-Aff…

-Esse negócio de coronavírus.

-Normalmente não dá para saber “onde” procurar…

-Na verdade nem dá para saber onde “ele” tá ou não tá…

-Os idosos e os mais “fracos” são mais afetados.

-(Na tv) Hoje, mais de uma pessoas de 81 anos…

-Sempre tem um desses na sociedade…

-…

-Ah, já sei. Talvez fique interessante fazer “ele” virar um mangá!

-Como será o rosto “dele”?

-Hm…

-Ixi…

-Não, não…

-(Pensando)

-Ah, não dá… não sei!

-A folha tá BRANCA.

-Ah sim… como uma forma de pedido de desculpa…

-Amabie…

-Não consigo imaginar um rosto para “ele”. Alguém pode fazer isso por mim?


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.