Pesquisa aponta que participação dos pais é a “chave” para famílias maiores

Pesquisa realizada pelo governo japonês revelou que casais onde os pais se envolvem com a criação dos filhos e tarefas domésticas tem mais chances de terem mais de uma criança.

De acordo com estudos do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar apenas 50% dos casais que os pais não participavam na criação possuem dois ou mais filhos, o percentual sobe para 72,5% quando a figura masculina ajuda por até 2 horas nos dia de folga.

O número sobe para 75% quando os pais participam de duas a quatro horas e 81,2% quando ajudam de quatro a seis horas. No entanto, caí novamente para 75% quando os pais participam por mais de seis horas.

Sayuri Takita, vice-diretora responsável pela pesquisa no ministério, disse: “Os dados sugerem que a participação dos pais na família promove uma atitude positiva nas parceiras em relação a ter mais filhos. “

“Embora a pesquisa mostre que o nível de participação não tem efeito significativo sobre a probabilidade de um casal ter seu primeiro filho, a atitude de uma mulher em relação a ter outro filho pode depender do nível de apoio que ela recebe” relata Takita citando os resultados da pesquisa realizada pela primeira vez em outubro de 2012.

A pesquisada realizada pelo governo coletou dados de 714 casais com filhos, e tem como objetivo ajudar a fomentar a taxa de natalidade combatendo a redução da população japonesa.

O Japão tem uma das populações com taxa de envelhecimento mais rápido do mundo, sendo a taxa de natalidade em 2019 de 864 mil, a mais baixa desde que se iniciaram os registos em 1989.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.