Pesquisa revela quais foram as principais causas da ansiedade no Japão em 2021

Uma pesquisa conduzida pela Secom, sobre a ansiedade revelou que 71,8% dos entrevistados sentiram ansiedade em relação a algo neste ano de 2021.

Mas o que é ansiedade?

“A ansiedade pode ser definida como uma emoção caracterizada por um estado desagradável de agitação interior, muitas vezes acompanhada de comportamento nervoso. É um sentimento vago e desagradável de medo, apreensão, caracterizado por tensão ou desconforto derivado de antecipação de perigo, de algo desconhecido ou estranho”.

Em relação aos resultados da pesquisa, os maiores percentuais de pessoas ansiosas estavam entre as mulheres na casa dos 30 anos, representado por 88% e entre as mulheres na casa dos 20 anos com 86%. 

Quando questionados sobre as causas de sua ansiedade, a resposta mais comum foi em relação à saúde física com 63,5% dos votos, seguida de subsistência e aposentadoria na velhice com 56,3% e “terremotos” com 46,2% dos votos.

A ansiedade relacionada ao “sustento e pensão na velhice” ocupou o primeiro lugar por oito anos consecutivos. Na pesquisa realizada em 2020, no entanto, o efeito da pandemia do coronavírus foi o principal motivo para as pessoas desenvolverem esse sentimento.

A pesquisa de 2021 foi realizada no mês de outubro, logo após o último estado de emergência ter sido suspenso e um pouco antes do surgimento da nova variante Ômicron. Considerando o período que foi realizada, apenas 38,4% dos entrevistados estavam preocupados com doenças infecciosas. 

Leia também:

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.