via: 'Could this be kidnapping!?': Japan police target SNS predators trying to lure minors - The Mainichi

Japão

“Poderia isso ser um sequestro?” – polícia de Aichi alerta crianças e adolescentes

2020.02.22

A internet é maravilhosa mas pode apresentar muitos riscos, ainda mais envolvendo crianças e adolescentes.

No Japão, vários Tweets do gênero “qualquer estudante do ensino fundamental ou médio que tenham fugido de casa e estejam com problemas, por favor entrem em contato comigo“, ou “você pode falar comigo a respeito do seus problemas” e até mesmo alguns post mais ousados como “venha ficar em minha casa” estão sendo usados para atrair jovens menores de idade.

Na internet as pessoas que “convidam” os menores para suas casas estão sendo chamados de “kami“, que significa “Deus“; para eles encontrarem suas vítimas, utilizam a hashtag 神待ち, “kamimachi” que significa “esperando por um Deus“. Já a polícia chama esses indivíduos de “predadores”. 

Mesmo que o jovem menor de idade diga “sim” e fuja para a casa de outra pessoa, esse “predador” pode ser processado judicialmente e ser até preso por sequestro, já que um menor de idade precisa da autorização e consentimento de seus pais/responsáveis para tal.

A conta oficial da polícia de Aichi passou a responder os tweets da hashtag, usando uma imagem que pergunta “Poderia isso ser um sequestro” junto com uma explicação de uma possibilidade de prisão caso algum deles seja declarado culpado.

 

De acordo com a Agência Nacional da Polícia, em 2018 houveram 42 menores de idade “raptados” pelo país depois de terem entrado em contado com pessoas nas redes sociais. Em novembro de 2019, uma menina de 14 anos foi levada por um homem de 43 em Tóquio, depois que ela tweetou “alguém me empresta um quarto”. O homem respondeu ao tweet dizendo “eu só tenho uma cama então teríamos que dormir juntos, tudo bem?” entre outras mensagens. A jovem ficou na casa do homem por 4 dias até que a polícia interveio.


"Poderia isso ser um sequestro?" - polícia de Aichi alerta crianças e adolescentes Japão