via: 'Necessary for crisis management': Japanese mayor questioned over $34K office shower - The Mainichi

Japão

Prefeito japonês questionado pela instalação de chuveiro de 3.6 milhões de ienes (cerca de 34 mil dólares) no gabinete

2021.02.28

O prefeito de uma cidade do leste do Japão está sendo investigado pela Assembleia Municipal sobre a instalação de um chuveiro que custou cerca de 3,6 milhões de ienes (cerca de US $ 33.800) em seu escritório.

O chuveiro foi instalado no final do ano passado na nova estrutura da Prefeitura de Ichikawa, inaugurada parcialmente em agosto.

Em reunião regular da Assembleia Municipal, que aconteceu nesta sexta-feira (26), o prefeito Hirotami Murakoshi foi questionado sobre a aquisição.

O prefeito teria argumentado que o chuveiro seria usado durante desastres, quando ele teria que passar longos períodos no trabalho.

“Tenho certeza de que podemos obter o entendimento de muitos moradores da cidade”, afirmou Murakoshi.

De acordo com informações da prefeitura, um chuveiro com paredes de vidro foi instalado ao banheiro conectado ao gabinete no quarto andar do prédio. E embora os funcionários públicos também possam usá-lo, o banheiro só pode ser acessado através do gabinete do prefeito.

De acordo com os planos iniciais, o novo prédio do escritório do governo possui instalações para os funcionários pernoitarem e desempenharem suas funções durante desastres. Após a conclusão do prédio, teria sido decidido que, do ponto de vista do gerenciamento de crise, outro chuveiro seria necessário para o gabinete do prefeito.

Na reunião da assembléia municipal de 26 de fevereiro, o deputado de partido independente, Masafumi Koshikawa, perguntou sobre a decisão. Ele levantou questões sobre o novo chuveiro, dizendo que os custos vieram de fundos excedentes não utilizados na construção do novo prédio, e sobre o fato de que ele foi instalado após a visitação realizada pela assembleia municipal, mídia e outros . Ele também disse: “Não posso aceitar que isso tenha sido instalado em segredo”.

O prefeito Murakoshi ofereceu respostas incluindo: “Foi logo depois que o prédio foi inaugurado, e é absolutamente adequado adicionar funções com o propósito de fazermos um bom trabalho que trará felicidade a todos que vivem nesta cidade”.

#diaadia

Leia também: