Prefeituras de 19 províncias criam conta no Line para oferecer consultas sobre coronavírus

Governos locais do Japão estão aumentando o uso do aplicativo de mensagens Line para disponibilizar informações e oferecer consultas a respeito do coronavírus à medida que o número de infecções está deixando a população preocupada.

No Japão, 19 províncias incluindo Tóquio, Kanagawa e Saitama começaram a utilizar o sistema nessa segunda-feira (30). O governo metropolitano de Tóquio criou uma conta no dia 27. Usuários podem scanear um código QR no site oficial do Departamento de Bem-Estar Social e Saúde Pública e adicionar a conta no aplicativo.

Os usuários fornecem seu código postal e idade e respondem a uma pesquisa com diversas perguntas, incluindo se o usuário tem alguma doença crônica, febre ou outros sintomas, e a inteligência artificial (IA) utilizada no programa responde imediatamente. Se ao final do questionário for determinado que a pessoa precisa ir à um serviço especializado, o mesmo oferecerá informações sobre os centros de saúde públicos próximos e outras instituições particulares. Mesmo que a IA decida que o indivíduo não precisa de mais consultas, a conta do Line continuará a mandar mensagens perguntando regularmente à pessoa sobre sua condição de saúde.

De acordo com o governo, cerca de 250 mil pessoas já adicionaram a conta desde as 13h de ontem.

Um funcionário da divisão de controle de doenças infecciosas do governo de Tóquio explicou: “Muitos dos usuários são jovens. Ao criar um serviço onde podemos fornecer consultas 24 horas por dia, o objetivo passa a ser oferecer uma resposta mais rápida. Gostaríamos que pessoas que acham difícil para nos consultar por telefone, incluindo pessoas com deficiência auditiva, também passem a usar este serviço“.

O governo da prefeitura de Kanagawa foi o primeiro órgão administrativo a introduzir o sistema. Eles criaram uma conta chamada “novas medidas de suporte pessoal de coronavírus” no dia 5 de março, que foi adicionada por aproximadamente 210.000 pessoas até o dia 30 de março.

Além disso, há uma área onde os usuários podem fazer questões específicas, como por exemplo o que eles deveriam fazer quando um familiar está infectado. A conta do Line também tem o benefício de coletar dados epidemiológicos necessários para decidir sobre políticas públicas de saúde, afirmou o governo.

Você pode acessar o site do Line aqui para adicionar a conta no seu aplicativo. Ao entrar no website, você se depara com essa mensagem:

Prefeituras de 19 províncias criam conta no Line para oferecer consultas sobre coronavírus Notícias

Contas oficiais de cada província; Se cadastre pelo Line, adicionando a província que você mora. Respondendo a enquete, iremos mandar notícias e informações de acordo com os seus resultados. Além disso, temos a sessão de perguntas frequentes e também de novas informações. Você também pode obter informações diretamente de médicos pelo o seu Line“.

Além de Tóquio, Kanagawa e Saitama, as prefeituras de Akita, Miyagi, Fukushima, Fukui, Nagano, Gifu, Aichi, Mie, Shiga, Kyoto, Hyogo, Tottori, Shimane, Kagawa, Fukuoka e Nagasaki também criaram contas.


Prefeituras de 19 províncias criam conta no Line para oferecer consultas sobre coronavírus Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *