Produção industrial do Japão teve o primeiro aumento em quatro meses

De acordo com dados divulgados pelo governo nesta terça-feira (30), a produção industrial do Japão em outubro aumentou 1,1 % em relação ao mês anterior, marcando o primeiro aumento em quatro meses. O aumento se deu principalmente pelo crescimento da produção das indústrias automobilística e de máquinas.

A porcentagem foi bem menor do que as expectativas do mercado, mas os analistas veem sinais de melhora. Segundo o relatório preliminar do Ministério da Economia, Comércio e Indústria, o índice ajustado sazonalmente de produção em fábricas e minas ficou em 90,5 contra a base de 100 no ano de 2015.

A produção cresceu 15,4% para automóveis e 4,2% para máquinas de produção, incluindo equipamentos de fabricação de semicondutores.

“Devido a uma redução na escassez de materiais e peças, a produção em outubro aumentou”, disse um funcionário do METI.

Entre as seis indústrias que registram uma redução na produção, estão as indústrias de produtos químicos inorgânicos e orgânicos com uma contração de 3,3 %. O Ministério da Economia, Comércio e Indústria espera que a produção cresça 9% em novembro e 2,1% em dezembro.

O funcionário também disse que a variante Ômicron do coronavírus aparentemente não impactou a produção até o momento, mas ainda não está claro como isso afetará a produção em dezembro e nos próximos meses. O responsável disse que é necessário monitorar a possível influência da variante no fornecimento de peças e materiais.

Leia também:

#diaadia



Produção industrial do Japão teve o primeiro aumento em quatro meses Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *