Recém-nascidos e crianças poderão receber a ajuda de 100.000 ienes do governo? (respondido!)

Como muitos já devem saber, o governo japonês está oferecendo uma ajuda de 100.000 ienes para todas as pessoas que moram no Japão como parte dos esforços para abrandar o impacto econômico da crise do coronavírus.

Até então, foi divulgado que quem estará apto à receber este auxílio serão todas as pessoas, independente da nacionalidade que tiverem o registro básico de residentes no país até dia 27 de abril, para obter informações sobre este registro clique aqui.

Cada pessoa da família será beneficiada com o valor, dessa forma muitos pais estão em dúvida se seus filhos que são recém nascidos e ou/estão para nascer ainda, teriam o direito de receber o dinheiro dos 100.000 ienes também.

Todas as pessoas registradas na prefeitura de sua cidade até o dia 27 de abril terão o direito de receber a ajuda, desse modo, somente os recém nascidos que forem registrados até essa data entrarão no benefício. Porém como não saiu uma nota oficial do governo contendo informações mais precisas sobre como proceder nestes casos, pode ser que ainda sofra alterações.

As autoridades responsáveis pela central de informações não sabem afirmar se os bebês que ainda estão para nascer, poderão ou não serem inscritos nos formulários- que serão enviados para cada família preencher com o nome de todos os membros.

Contudo elas aconselham as pessoas a tentarem atualizar e organizar seus dados como o endereço, cartão My Number, Zairyu Card entre outros documentos na prefeitura caso não estejam registrados corretamente, pois o benefício poderá ser usufruído apenas por quem estiver com todos os registros em dia.

Fonte: Ígor Akihito / NHK

 


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.