via: About 300 eateries in Osaka Pref. found serving alcohol despite COVID-19 restrictions - The Mainichi

Japão

São encontrados cerca de 300 restaurantes em Osaka servindo bebidas alcoólicas, apesar das restrições contra a COVID-19

Cerca de 296 entre 48.700 restaurantes na província de Osaka foram encontrados servindo álcool em 4 de maio, desafiando um pedido do governo nacional de não fazê-lo sob o estado de emergência do coronavírus, levando a queixas de bares fechando temporariamente.

Depois que o governo japonês decidiu expandir e estender o terceiro estado de emergência da COVID-19, restaurantes e bares foram solicitados a não servir álcool. No entanto, vários estabelecimentos em algumas áreas centrais da prefeitura do oeste do Japão estão atraindo clientes por ignorar o pedido e servir bebidas alcoólicas.

Na noite de 6 de maio, no bairro de Naniwa, em Osaka, foram encontrados cerca de cinco restaurantes abertos, muitos dos quais estavam barulhentos com os clientes bêbados, enquanto a maioria dos outros negócios estavam fechados.

Escritas em cartazes com os dizeres: ”Nós servimos chope gelado” e ”Você pode beber”, foram colocadas na frente dos bares.

Em um desses bares, lotado de jovens, um universitário de 20 anos, que estava bebendo com quatro amigos, comentou: ”Como os clientes estão se reunindo nos bares que estão abertos, duvido que o pedido do governo tenha qualquer efeito”.

Um funcionário deste bar relatou: ”Não acho que o número de infecções mude porque estamos servindo álcool. Estamos apenas fazendo o nosso trabalho, e o verdadeiro problema é o coronavírus”.

Embora os restaurantes sejam obrigados a fechar às 20h, mesmo que não sirvam bebidas alcoólicas, haviam vários bares abertos mesmo depois deste horário, e os clientes podiam ser vistos bebendo até tarde da noite.

Um gerente de um restaurante que foi temporariamente fechado, ficou irritado com a situação, e relatou: ”Mesmo se abrirmos nosso negócio e não servimos bebidas alcoólicas, não podemos tentar competir com aqueles que estão. Em tal situação, obedecer ao pedido parece ridículo”.

O gerente acrescentou: ”Por que o governo não reprime esses lugares? ”. Embora obviamente não esteja feliz com a extensão do estado de emergência, comentou: ”Não há como evitar, a vida das pessoas é mais importante”.

O governo da Prefeitura de Osaka inspecionou cerca de 48.700 restaurantes na região desde abril, e 296 deles aparentemente serviam bebidas alcoólicas em 4 de maio, ignorando o pedido. O governo enviará notificações por escrito e dará ordens a essas empresas para cumprirem o pedido, caso contrário, poderão enfrentar uma multa de até 300 mil ienes (US$ 2760).

Um funcionário do governo da província disse: ”A maioria das empresas está cooperando e, embora estejamos colocando um fardo sobre elas, continuaremos a fazer tais pedidos”.

Leia também:

Doses de vacina COVID-19 não utilizadas se acumulam em meio a lenta campanha de vacinação no Japão

Hospital em Tóquio coloca mensagem em suas janelas: ”Parem as Olimpíadas!”

Avião militar dos EUA sobrevoa Tóquio com metralhadora apontando para a região

#coronavírus


São encontrados cerca de 300 restaurantes em Osaka servindo bebidas alcoólicas, apesar das restrições contra a COVID-19 Japão