via: Torch relay for Tokyo Olympics kicks off its 121-day journey - The Mainichi

Japão

Símbolo de esperança: Japão inicia o revezamento da tocha olímpica

2021.03.25

O Japão iniciou hoje (25) o revezamento da tocha olímpica para os Jogos de Tóquio. A tocha percorrerá todo o Japão por 121 dias até chegar ao destino final na cerimônia de abertura em Tóquio, no dia 23 de julho.

A primeira prefeitura a receber a tocha foi a província de Fukushima, que foi devastada pelo terremoto e tsunami de 2011, e a primeira corredora com a tocha olímpica, foi a atleta Azusa Iwashimizu, jogadora da seleção japonesa que conquistou a Copa do Mundo Feminina em 2011.

A cerimônia de abertura do revezamento não teve a participação do público, mas foi transmitida em rede nacional. Para evitar maior disseminação do coronavírus, os fãs que desejam acompanhar o revezamento da tocha, serão instruídos a manter o distanciamento ao longo da estrada e se abster de gritar.

As cinco primeiras cidades que receberão a tocha serão Fukushima, Tochigi, Gunma, Nagano e Gifu.

O conceito por trás do revezamento da tocha, foi criado em torno da frase “Hope Lights Our Way (A esperança ilumina nosso caminho).“A tocha olímpica de Tóquio 2020 se tornará uma luz brilhante de esperança para os cidadãos japoneses e cidadãos do mundo. É uma luz no fim do túnel”- disse a presidente do comitê organizador, Seiko Hashimoto.

Grande desafio para o Japão

O revezamento é um grande prelúdio para as dificuldades que as Olimpíadas e Paraolimpíadas de Tóquio apresentarão, com cerca de 15.400 atletas, oficiais, juízes e pessoas da imprensa entrando no Japão. Além do crescente medo do coronavírus se espalhar para partes mais isoladas do país.

Recentemente, os organizadores do evento decidiram que os torcedores estrangeiros não terão permissão para participar dos Jogos Olímpicos, e grande parte dos voluntários do exterior também foi dispensada.

Olimpíada mais cara da história

Tanto o revezamento da tocha quanto a realização das Olimpíadas, enfrentam a repulsão do público, com cerca de 80% dos japoneses preferindo que elas sejam adiadas ou canceladas. Segundo um estudo da Universidade de Oxford, essa é a Olimpíada mais cara que já foi registrada no mundo.

Leia também:

Japonesa mais velha do mundo irá participar do revezamento da tocha olímpica em 2021

Olimpíadas de Tóquio será realizada sem espectadores estrangeiros devido à pandemia

#diaadia


Símbolo de esperança: Japão inicia o revezamento da tocha olímpica Japão