via: Sony warns tight PlayStation 5 supply to extend into next year | The Japan Times

Entretenimento

Sony anuncia que PlayStation 5 continuará em falta até 2022

A Sony Group Corp. alertou um grupo de analistas que o PlayStation 5 permanecerá em falta até 2022, sugerindo que a empresa será limitada em sua capacidade de aumentar as metas de vendas de seu último console de jogos.

Ao divulgar os resultados financeiros no final de abril, o conglomerado japonês disse que vendeu 7,8 milhões de unidades do console até 31 de março, e pretende vender pelo menos 14,8 milhões de unidades no atual ano fiscal. Isso o manteria no ritmo para acompanhar a trajetória do popular PlayStation 4, que vendeu mais de 115,9 milhões de unidades até o momento.

A Sony relatou aos analistas que é um desafio acompanhar a forte demanda. O PS5 tem sido difícil de encontrar em estoque desde seu lançamento em novembro, em parte devido à escassez de componentes como semicondutores, e a empresa não deu uma estimativa oficial de quando espera que o fornecimento se normalize.

”Não acho que a demanda esteja se acalmando este ano, e mesmo se garantirmos mais dispositivos e produzirmos mais unidades do PlayStation 5 no próximo ano, nosso suprimento não seria capaz de acompanhar a demanda”, comentou o Diretor Financeiro Hiroki Totoki.

A Sony disse que compraria de volta até 200 bilhões de ienes de suas próprias ações após reportar lucro no trimestre de março, que é além das estimativas dos analistas. A previsão era que houvesse uma queda de 4% no atual ano fiscal, mas eles estão avaliando se a empresa pode superar a perspectiva conservadora com a ajudada forte demanda pelo novo console e seus jogos.

As ações caíram cerca de 8% desde o relatório de lucros em 28 de abril, após subir 75% em relação ao ano anterior.

Totoki disse que a Sony precisa aumentar a produção o mais rápido possível e garantir que haja consoles nas prateleiras das lojas. A demanda permanecerá alta, independentemente da situação da COVID-19, o CFO garantiu a um analista cauteloso sobre a capacidade da Sony de capitalizar totalmente o aumento do entretenimento doméstico desencadeado por bloqueios e ordens de emergência.

”Vendemos mais de 100 milhões de unidades do PlayStation 4 e, considerando nossa participação no mercado e reputação, não consigo imaginar a demanda caindo tão facilmente”, relatou Hiroki.

Ainda assim, o último relatório de lucros da empresa sugere que a demanda para ficar em casa está se estabilizando. A Sony disse que os usuários ativos mensais da PlayStation Network caíram para 109 milhões no final do período de janeiro a março, de 114 milhões um trimestre antes, e as vendas de jogos completos também caíram no mesmo período do ano anterior.

A rival Nintendo Co. alertou na semana passada que a escassez de componentes pode afetar a produção. A meta oficial é de vendas de 25,5 milhões de consoles no ano que termina em março de 2022, um pouco abaixo do ano anterior. Mas, internamente, a administração da Nintendo está planejando produzir entre 28 e 29 milhões de consoles.

Leia também:

O interior do Japão atrai trabalhadores remotos com escritórios em edifícios históricos

Hospital em Tóquio coloca mensagem em suas janelas: ”Parem as Olimpíadas!”

Japão acelera distribuição da vacina em meio ao aumento de casos da COVID-19

#diaadia


Sony anuncia que PlayStation 5 continuará em falta até 2022 Entretenimento