DIA A DIA

Informação, cultura, turismo e entretenimento para brasileiros no Japão

Tailandesa é indiciada por carregar drogas em seu próprio corpo no Japão

Uma mulher tailandesa que viajava ao Japão como parte de um grupo de turistas, foi indiciada por suspeita de contrabando de drogas, carregando-as em seu próprio corpo, informaram promotores japoneses.

O Ministério Público do Distrito de Chiba acusou Wiwiew Thanachaowakornkul, 41 anos, de trazer estimulantes ilegais para o Japão para vender.

Embora o contrabando de substâncias ilícitas dentro do corpo não seja novidade, as autoridades japonesas não viam um caso assim há algum tempo.

Segundo as informações, a tailandesa embarcou em um avião saindo de Bangkok no dia 14 de outubro, carregando 246 gramas de estimulantes no valor de 14,75 milhões de ienes (cerca de US$ 100.000) dentro de seu corpo. 

Crédito: Mainichi/Tadakazu Nakamura/As drogas que a tailandesa supostamente carregava dentro de seu corpo estavam embrulhadas em camisinhas

A mulher chegou no aeroporto de Narita no dia 15 de outubro, com um grupo formado por 31 turistas.

Quando uma funcionária da alfândega no controle de segurança do aeroporto de Narita examinou a tailandesa, ela sentiu algo sólido ao redor da parte inferior do corpo da mulher. A tailandesa disse que precisava ir ao banheiro antes de um exame de raio-X. 

Um policial que monitorava a mulher do lado de fora, confirmou posteriormente que ela deixou cair sacos plásticos contendo drogas no banheiro.

Em 2019, houve 15 casos de contrabando de drogas no aeroporto de Narita por mulheres tailandesas usando o mesmo método.

A alfândega do aeroporto comentou: “Estamos trabalhando para conter o fluxo de drogas ilegais que chegam ao Japão enquanto cooperamos com a polícia”.

Leia mais:

Fonte: The Mainichi

Imagem de destaque: Rie Ishii via Nikkei Asia

#crime

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *