Japonesa de 91 anos é a ‘instrutora fitness’ mais animada do Japão

“A idade nada mais é do que um número. Na verdade, nunca é tarde para começar algo novo” – Takishima Mika, 91 anos

O Japão é o país com maiores expectativas de vida do mundo, mas você sabia que existem mais de 80.000 centenários espalhados pelo país?

Mesmo tendo uma das populações mais idosas do mundo, a maioria dos japoneses não param de se exercitar quando entram na terceira idade e um dos destaques desta geração é Takishima Mika, uma instrutora de 91 anos.

Crédito: Yamamoto Raita/ Nippon.com

Takishima, mais conhecida como “Takimika”, faz agachamentos e levanta barra de 20 kg, e quase consegue fazer uma abertura completa com o peito tocando o chão.

Ela nasceu no dia 15 de janeiro de 1931, e seu interesse por exercícios físicos começou aos 65 anos, quando começou a frequentar a academia.

Ela nunca havia praticado esportes antes, mas se apaixonou pelo mundo fitness depois que perdeu 15 kg ao longo de 5 anos.

A instrutora ‘fitness’ mais animada do Japão

Crédito: Yamamoto Raita/ Nippon.com

Quem pensa que ela sempre foi atleta está enganado, pois, ela nem sempre foi do tipo atlética, e nem participava de atividades de clubes esportivos quando era estudante.

O primeiro emprego de Takishima foi em uma loja de departamentos e depois que ela se casou, ficou maior parte do tempo em casa.

Depois que seus filhos cresceram e saíram de casa, Takimika percebeu estar com muito tempo livre. Em um momento de sua vida, ela começou a odiar quando um membro da sua família dizia que ela estava engordando.

Então, com 65 anos, ela entrou em uma academia de Tóquio. No começo, não foi fácil, pois ela não conseguia acompanhar os outros membros durante as aulas em grupo.

Mesmo não acompanhando a turma, ela malhava e dançava na parte de trás. Ela estudou como os outros moviam seus corpos e aprendeu rotinas de exercícios seguindo seus exemplos.

“Apesar de todos os desafios, nunca imaginei que houvesse um lugar tão divertido”, disse Takimika.

A medida que Takimika perdeu 15 kg nos cinco anos seguintes e também ganhou músculos, ela se viu capaz de fazer rotinas de exercícios mais extenuantes e ficou obcecada por eles.

“Entrei para o mundo fitness com o único objetivo de perder peso. Após alcançá-lo, queria nádegas firmes como as das brasileiras e quando consegui, decidi que queria ombros largos e cintura fina. Depois tornei-me uma instrutora, mas eu nunca teria imaginado que levaria uma vida assim”, disse Takimika.

Como se malhar não fosse suficiente, Takimika também aprendeu a nadar aos 70 anos, e continuou a praticar exercícios mesmo após alcançar seus objetivos. Com 79 anos, começou a fortalecer o tronco com um personal trainer.

Observando seu bom desempenho, esse personal trainer acabou colocando-a como treinadora.

“Takimika adora treinar e transpira essa paixão por todos os poros da pele. Ela também é muito falante. Cada vez que a treinava, ficava mais convencido de que era uma pena continuar a tê-la apenas como aluna e, no final, incentivei-a começar. A princípio ela hesitou, mas acabou sendo ainda melhor do que eu esperava”, comentou o instrutor Nakazawa Tomoharu.

Você não está acreditando né? Veja esse vídeo:

A rotina ‘fitness’ de Takimika

A rotina diária de Takimika é bem agitada. Ela dorme por volta das 23:00 horas, acorda às 3:00 horas da manhã e começa a fazer seus exercícios matinais às 4:00 horas da manhã.

“Saio de casa por volta das quatro da manhã, ando quatro quilômetros, depois corro mais três. Finalmente, ando um quilômetro para trás. Faço isso todos os dias, desde que não chova. Demora cerca de duas horas, mas parece que acabo em pouco tempo.”

Quanto à sua alimentação, Takimika disse que costuma comer salmão assado, nato, ovos, tofu, repolho fermentado e picles de farelo de arroz no café da manhã.

Ela se esforça para ter uma alimentação balanceada, não consome nada com aditivos ou conservantes, mas também se permite comer o que gosta quando sente vontade.

“Se estou com vontade de comer bolo, como bolo. Às vezes decido comer apenas metade e guardar o resto para o dia seguinte.”

Ela diz que o que come no almoço é leve:

“Eu como banana, seguida de uma bebida probiótica Yakult. Isso é tudo. Fico com sono se comer demais.”

Na hora do jantar, Takishima prepara um jantar farto, precedido de vinho.

“Gosto de vinho tinto e branco. Depois das minhas taças de vinho, aproveito o meu tempo para desfrutar do meu jantar. Eu faço muita sopa de frango e legumes. Eu cozinho repolho chinês, cogumelos, batatas, cenouras, konnyaku e afins até ficarem macios, depois adiciono o frango. Eu gosto do suco saboroso que você obtém dos vegetais. Também adoro legumes da época. No inverno, adiciono bastante cebolinha.”

Apesar da idade, Takimika está sempre querendo aprender coisas novas. Em seu tempo livre, ela repassa as instruções de treino, aprende a usar o smartphone e o computador e também estuda inglês.

Ela afirma que não faz isso apenas por obrigação, mas, por querer conectar-se com o maior número de pessoas no mundo.

Após o café da manhã Takimika faz suas tarefas domésticas e se alonga. E pela tarde, ela treina com seu instrutor ou dá aulas on-line para seus alunos.

Não importa a idade, Takimika tem uma energia que inspira

A história de Takimika inspira muitas pessoas a viverem com mais garra e energia. Um dos seus objetivos estabelecidos, é viajar por todas as 47 províncias do Japão e levar seus treinamentos para muitas pessoas.

Ela também almeja chegar aos 100 anos como instrutora fitness e inspirar vitalidade em outras pessoas!

Que história inspiradora! Nunca é tarde para começar a trilhar um caminho que te leve até seus objetivos. Vida longa à Takimika!

Fonte: Nippon.com e Asahi Shimbun

Você também pode gostar:

#curiosidades


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.