Tigre ataca 3 pessoas em um parque no Japão, uma delas perde a mão

Um tigre atacou três trabalhadores em um parque safari em Tochigi na última quarta-feira (5). Os três foram levados ao hospital. Segundo a polícia local e o operador do parque, uma das vítimas teve sua mão arrancada.

A polícia está investigando se houve alguma falha em manter o animal no Nasu Safari Park localizado em Tochigi, depois que seu operador disse não ter confirmado que o tigre estava em seu cercado no dia anterior.

Dos três tratadores, todos na casa dos 20 anos, uma mulher de 22 anos perdeu a mão, enquanto outra mulher foi mordida em várias partes do corpo pelo tigre-de-bengala de 10 anos, que tem cerca de 2 metros de comprimento e pesa 150 quilos, informou a polícia. A terceira vítima, um tratador do sexo masculino, foi ferido na nuca.

A tratadora que perdeu a mão direita foi transportada por um helicóptero médico. Os outros dois também foram levados ao hospital. O incidente ocorreu por volta das 8h30 no Nasu Safari Park, quando os trabalhadores se preparavam para o serviço do dia.

Segundo o operador do parque, o tigre não estava em seu recinto cercado como esperado, mas no corredor que levava a uma área de exposição quando encontrou os tratadores e os atacou.

Os funcionários evitam ficar no mesmo espaço que o animal, mas devido a um problema nas portas, um dos tratadores aparentemente entrou na gaiola.

Após o incidente, o parque fechou as portas. O local abriga cerca de 700 animais de 70 espécies. Em 1997 e em 2000, houve dois incidentes no parque envolvendo tratadores sendo atacados por leões.

De acordo com um manual do parque, os tratadores devem verificar se a cerca da jaula do tigre está fechada depois que ele for levado de volta para dentro, após o término da exposição. Mas a cerca não foi verificada na terça-feira e o tigre ficou no corredor na manhã seguinte, disse a operadora.

Fonte: The Mainichi

#diaadia

Tigre ataca 3 pessoas em um parque no Japão, uma delas perde a mão Notícias Viralizou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *