via: Hering muda o nome da peça

Brasil

“Tomara-que-caia o sexismo”, nova campanha da blusa sem alça

Certas expressões usadas por nós são bastante sexistas, e sem perceber nós colaboramos para o uso delas.

A revista Bazaar traz Mariana Ximenes na capa, e na sua roupa preta está escrito em branco: “Isso não é um tomara que caia”.

A moda também está mudando.

"Tomara-que-caia o sexismo", nova campanha da blusa sem alça Brasil

“Tomara que caia o sexismo. Vista uma blusa sem alça”.

“É importante a gente olhar para todos esses termos, para o pensamento novo. Temos que buscar uma sociedade mais igualitária, com mais respeito pela diversidade, com acolhimento. Respeito é bom, a gente gosta e é necessário”, diz Mariana Ximenes.

Além da mudança do nome da peça de roupa, a Hering, marca que idealizou a campanha; irá reverter o lucro dessas vendas para o Programa Bem Querer Mulher, que reconstrói a vida de mulheres que sofreram violência.


"Tomara-que-caia o sexismo", nova campanha da blusa sem alça Brasil