Tóquio será excluída da campanha de subsídios de viagens!

O ministro da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo, Kazuyoshi Akaba, informou ontem (16) que a campanha de subsídios para revitalizar o setor de turismo no Japão, “Go To Travel” será revisada.

A campanha está prevista para iniciar no dia 22 de julho, no entanto, poderá excluir todas as pessoas que moram em Tóquio, bem como todas as viagens para dentro e fora da capital devido à preocupação de que os residentes da capital poderiam espalhar o vírus para outras partes do país.

Tóquio obteve ontem (16) um novo recorde de infecções por coronavírus, registrando 286 casos em um único dia.

-Petição contra a campanha “Go To Travel”

Devido ao ressurgimento de casos de coronavírus, uma campanha on-line lançada no dia 11 de julho, coletou assinaturas de mais de 100 mil pessoas que se opõem à campanha de subsídios para revitalizar o setor de turismo no Japão.

“Ir em frente com o programa de ajuda à viagens agora, poderá acabar espalhando o coronavírus por todo o país, o que é absurdo”-  disse o organizador da campanha on-line.

“A campanha (de subsídios) deve ser cancelada e seu orçamento desviado para instituições médicas, áreas afetadas pelo desastre das chuvas na região de Kyushu e para os pequenos e médios operadores comerciais relacionados ao turismo” -acrescentou.

Em todo o Japão, foram registrados ontem (16) mais de 600 casos de coronavírus (o maior número de casos diários entre três meses).

#coronavirus


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.