Tufão Haishen: mais de 8 milhões de pessoas recebem ordem de evacuação no sudoeste do Japão

Mais de 8 milhões de pessoas no sudoeste do Japão receberam a ordem imediata para deixar suas casas devido à aproximação do forte tufão Haishen.

Segundo a NHK, até as 16h30 deste domingo(6) a ordem de evacuação havia sido emitidas para 19 municípios nas províncias de Nagasaki, Kumamoto, Miyazaki e Kagoshima.

Em Nagasaki os avisos foram emitidos para as cidades de Goto e Sasebo; na província de Kumamoto, foram emitidos avisos para as cidades de Kuma e Tsunagi; em Miyazaki, foram emitidos alertas para Kijo, Hyuga, Kadogawa e Misato; e na província de Kagoshima foram emitidos avisos para as cidades de Toshima, Tarumizu, Kanoya, Kagoshima, Mishima, Soo, Nishinoomote, Makurazaki, Satsumasendai, Minamiosumi e Kinko.

Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas nas prefeituras de Kagoshima, Kumamoto, Miyazaki e Nagasaki, segundo uma contagem realizada pela Kyodo News.

O tufão Haishen também causou a queda de energia em mais de 140 mil residências. A Agência Meteorológica pede que a população tome extremo cuidado e fique bem atenta quanto às chuvas, ventos fortes e marés altas, principalmente nas áreas de risco.

-Vídeo

-Chuvas fortes:

(Crédito: NHK)

O tufão se afastará gradualmente do Japão e seguirá para a península coreana, no entanto, a instabilidade atmosférica continuará e poderá ocorrer chuvas extremamente fortes.

A quantidade de chuva esperada até a manhã de terça-feira (8) em uma ampla área do oeste e leste do Japão é: 300mm em Tokai, 250 mm em Shikoku, 200 mm em Kanto e norte de Kyushu, 150 mm em Kinki e 100 mm no sul de Kyushu.

A NHK alertou que mesmo em áreas distantes do tufão, as nuvens carregadas podem continuar se acumulando, já que as condições atmosféricas são extremamente instáveis, sendo necessário prestar atenção às rajadas de raios e tornados.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.