Um olhar sobre a evolução dos uniformes escolares no Japão

Os uniformes escolares no Japão ficaram conhecidos no mundo inteiro através do sucesso das animações japonesas!

Ao longo da história, os uniformes escolares japoneses foram evoluindo até chegarem ao estilo usado atualmente. Embora eles sejam um símbolo cultural do Japão, o número de escolas que não decidem um padrão de uniforme escolar está aumentando e as regras estão ficando menos rígidas.

Hyouka - o uniforme escolar no Japão ficou conhecido através dos animes
Crédito: Hyouka
Meninas de uniforme escola japonês
Crédito: Eric Flexyourhead
Estudantes japoneses
Crédito: tigerscandy via Flickr

Os uniformes japoneses são chamados seifuku (制服), sendo modelados em semelhança aos uniformes navais de estilo europeu. Originalmente, os alunos apenas usavam roupas comuns para ir à escola. As meninas usavam quimono e os meninos usavam hakama.

História dos uniformes escolares no Japão

História do uniforme escolar japonês

A história dos uniformes escolares no Japão começou há 150 anos. Os uniformes escolares japoneses se originaram durante a era Meiji, quando o Imperador Meiji abriu o Japão para vários países ocidentais para comércio e negócios. Antes disso, os alunos japoneses apenas usavam roupas formais tradicionais para ir à escola, já que os alunos naquela época eram de famílias relativamente ricas. 

O uniforme escolar japonês se originou durante a era Meiji
Crédito: Asahi Shimbun via @JapanGov

Foi somente durante o período Meiji que os alunos começaram a usar uniformes inspirados no traje ocidental. O uniforme estilo terno de marinheiro chegou ao Japão em 1920, seguido na década de 1980 pela chegada dos blazers escolares.

O uniforme estilo terno de marinheiro chegou ao Japão em 1920

Escolas japonesas estão mais abertas para a escolha do uniforme, independente do gênero

Por que os estudantes japoneses usam uniformes de marinheiro (セーラー服, sērā fuku)?

Por que os estudantes japoneses usam uniformes de marinheiro?
Crédito: Canva

O uniforme de marinheiro ganhou popularidade no Japão pois os uniformes japoneses não eram roupas prontas, e as pessoas tinham que confeccioná-las às suas próprias custas. 

Este estilo de uniforme geralmente consiste em uma blusa com gola estilo marinheiro e uma saia plissada. Existem variações sazonais para verão e inverno e as cores mais comuns são o azul-marinho, branco, cinza, verde-claro e preto.

Gakuran (学ラン)

No final da era Meiji, os meninos começaram a usar o uniforme gakuran
Crédito: iStock

No final da era Meiji e no início da era Taisho, a cultura japonesa começou a se misturar com a cultura ocidental e os meninos começaram a usar o uniforme gakuran, usado até os dias atuais.

Consiste em um paletó de ombros quadrados com gola alta, cinco botões dourados e calças pretas com corte reto. A cor do uniforme é normalmente preta, mas algumas escolas usam o azul-marinho. O uniforme tem uma gola alta que abotoa de cima para baixo sendo acompanhado por sapatos mocassins ou tênis.

Por que o uniforme dos meninos é usado até os dias atuais?

O gakuran é derivado do Waffenrock, um uniforme militar introduzido na Prússia em 1842. O termo gakuran é uma combinação de gaku (学) que significa “estudo” ou “estudante”, e ran (ラン ou 蘭) que significa Holanda ou, “ocidente” em geral. Dessa forma, gakuran se traduz literalmente como “estudante ocidental”.

O gakuran é derivado do Waffenrock, um uniforme militar introduzido na Prússia
Crédito: via Wikipédia

Algumas escolas podem exigir que os alunos usem broches representando a escola e/ou a classificação da classe. Tradicionalmente, o gakuran também era usado com um boné (geralmente preto), mas esse costume é menos comum nos tempos modernos.

Os botões, geralmente dourados, costumam ser decorados com o emblema da escola. O segundo botão é o que está mais próximo do coração, por isso é uma “tradição” dar o segundo botão de cima de seu uniforme para uma mulher por quem ele está apaixonado, como se fosse uma confissão.

Esta prática foi aparentemente popularizada por uma cena de um romance de Taijun Takeda. Mas outros dizem que a tradição nasceu durante a Segunda Guerra Mundial, quando os soldados que foram para a guerra deram o segundo botão de seu uniforme para suas esposas e amantes como lembrança, sabendo que não voltariam vivos.

Evolução dos uniformes escolares das meninas japonesas

Evolução do uniforme escolar das meninas japonesas
Crédito: LIVEPAN

Os uniformes escolares das meninas sofreram um número incrível de mudanças com o passar das décadas e as tendências mudaram.

As meninas começaram a usar hakama  com botas de couro e um laço amarrado no cabelo. Esse estilo de uniforme escolar tornou-se popular durante a era Taisho, mas os hakamas limitavam o movimento das meninas, então foram substituídos por uniformes de estilos mais ocidentais.

A saia era mais longa, mas ao longo das décadas foi sendo encurtada. Depois foi a vez da saia xadrez, influenciada pela escola católica, blazers e meias altas invadirem as escolas do Japão.

Algumas escolas públicas japonesas são criticadas por exigirem que as alunas usem roupas íntimas brancas

Uniformes escolares atualmente

O uniforme japonês do ensino médio consiste tradicionalmente em um uniforme de estilo militar para os meninos e uma roupa de estilo marinheiro para as meninas. Esses uniformes são baseados no traje militar formal do período Meiji, modelados em uniformes navais de estilo europeu.

Independentemente do uniforme, todas as escolas têm uma versão de verão e uma versão de inverno dos uniformes sendo a de verão mais simples e leve. Eles geralmente consistem em uma camisa branca e calças para os meninos, e uma blusa leve e saia com gravata para as meninas. 

Todas as escolas têm uma versão de verão e uma de inverno
Crédito: Canva

Os alunos também contam com uniforme esportivo casual para atividades físicas e práticas do clube. Os uniformes de inverno são menos casuais e mais profissionais, são feitos de material mais pesado e vêm com blazers para manter os alunos aquecidos.

 Certas escolas também regulamentam os penteados, calçados, piercings e mochilas dos alunos, mas essas regras específicas estão ficando mais brandas em algumas escolas.

Embora esses estilos de uniformes seira fuku e gakuran ainda sejam bastante comuns até hoje, muitas escolas estão adotando uniformes escolares de padrão ocidental. Esses uniformes são compostos por camisa branca, gravata, blazer com o e emblema da escola, calças de alfaiataria para os meninos e saia xadrez com meias altas para as meninas.

Muitas escolas estão adotando uniformes escolares de padrão ocidental

Os uniformes variam em cada província do Japão

Um artista fez uma ilustração dos estilos dos uniformes em algumas regiões do Japão, destacando os uniformes mais comuns em cada cidade. O artista enfatiza que não são um padrão, visto que uma cidade ou região possui várias escolas com diferentes tipos de uniformes. Veja:

Os uniformes variam em cada província do Japão
Crédito: Twitter/@tmato30kcal

Segundo o ilustrador, Tóquio e Niigata têm os uniformes com as saias mais curtas, enquanto em Osaka e Kobe os uniformes são os mais comportados.

O uniforme em Okinawa é o mais leve e fresquinho, mas os de Hokkaido é de um tecido mais grosso formado por muitas camadas.

Em Fukushima, o uniforme com blazer tradicional parece ser o mais “social” e o uniforme de Fukuoka tem um blazer que parece um moletom. O uniforme estilo marinheiro é mais comum em Nagoya.

Afinal, qual é o comprimento das saias escolares?

Afinal, qual é o comprimento das saias escolares?
Crédito: Canva

Estudantes querem abolir uso obrigatório de saias para meninas em escolas japonesas

Geralmente, o comprimento indicado para as saias das alunas é 15 cm acima do joelho; não muito longo, não muito curto, mas algumas escolas têm regras escolares ditando que uma saia deve ser longa.

Nesses casos, as meninas usam cintos especiais ou simplesmente dobram as saias duas ou três vezes após deixar o terreno da escola. Como o seira fuku (セーラー服) normalmente consiste em uma blusa com gola estilo marinheiro e uma saia plissada, eles podem mudar um pouco no verão e inverno. Dependendo da estação, o comprimento das mangas e o tecido são ajustados.

Estudante com o uniforme Seira Fuku (estilo marinheiro)
Crédito: Canva

No desenvolvimento mais moderno de uniformes escolares japoneses, mais e mais escolas estão começando a nem exigir uniformes. Nesses casos, é comum que os alunos usem roupas que seguem o código de vestimenta e se parecem com um uniforme, mas ainda permitem a expressão individual. 

No entanto, essa tendência ainda é limitada a um número pequeno de escolas. Os uniformes japoneses continuarão sendo um símbolo icônico da juventude e da cultura japonesa apesar das mudanças ao longo das décadas.

Matéria de referência: Learn Japanese123

Leia também:

#curiosidades

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.