Vacinação contra covid para a população deverá acontecer em maio no Japão

O governo japonês está tomando providências para começar a vacinação contra o coronavírus para os residentes não prioritários aproximadamente no mês de maio, revelou uma fonte próxima da administração.

As vacinas serão realizadas após forem administradas a imunização dos profissionais de saúde, pessoas com 65 anos ou mais e indivíduos com comorbidades. Espera-se que seja vacinada toda a população com 16 anos ou mais.

O primeiro-ministro Yoshihide Suga anunciou que a vacinação começará no final de fevereiro. A empresa farmacêutica norte-americana Pfizer Inc. solicitou a aprovação de sua vacina do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, e espera-se que ela obtenha autorização em meados de fevereiro.

Além disso, o governo está planejando receber suprimentos da Moderna, dos Estados Unidos, e da AstraZeneca, do Reino Unido.

A vacinação para todos os residentes tem o objetivo de impedir a diseminação do vírus que causa a infecção. A população poderá receber gratuitamente a vacina.

Como os testes clínicos administrados no exterior foram direcionados a pessoas com 16 anos ou mais, o governo japonês optou por seguir a mesma política e, por enquanto, de acordo com o plano atual os indivíduos com menos de 16 anos não serão vacinados.

O primeiro-ministro anunciou em 18 de janeiro que o ministro responsável pela Reforma Administrativa, Taro Kono, chefiará o lançamento da vacina. Em uma entrevista coletiva em 19 de janeiro, Kono disse: “Quero fazer tudo ao meu alcance para garantir que possamos administrar vacinas seguras e eficazes o mais rápido possível”. 

#coronavírus

Leia também:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.