via: COVID vaccines to be available to all under 65 in Japan at same time - The Mainichi

Japão

Vacinas COVID estarão disponíveis para todos com menos de 65 anos no Japão ao mesmo tempo

2021.05.30

Em uma tentativa de acelerar a campanha de vacinação COVID-18 no país, tendo em vista que apenas 6% de sua população recebeu pelo menos uma dose. O governo japonês está instruindo os municípios para iniciar a vacinação da população com menos de 65 anos, ao mesmo tempo para as pessoas com comorbidades (doenças subjacentes), declarou o ministro da saúde no domingo.

O Ministério da Saúde já havia instruído os municípios a começarem a enviar os vales de vacinação a todos os elegíveis com menos de 65 anos a partir de meados de junho. Mas agora, mesmo aqueles sem condições médicas subjacentes poderão ser vacinados ao receber o voucher no próximo mês.

Embora aqueles com doenças subjacentes geralmente tenham prioridade “se esperarmos até que todos (com doenças subjacentes) tenham sido vacinados, não sabemos quando a vacinação será concluída”, disse o ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, Norihisa Tamura, em um programa transmitido pela emissora pública NHK.

Aqueles que se qualificam para receber vacinas com prioridade (grupo de risco) precisarão se reportar aos municípios de forma independente, pois o governo não tem dados disponíveis sobre quantas pessoas exatamente são elegíveis.

O programa de vacinação do Japão foi lançado em fevereiro para profissionais de saúde da linha de frente e expandido para aqueles com 65 anos ou mais em abril. O governo planejou vacinar a população com comorbidade, e os funcionários de asilos, para, finalmente, iniciar a vacinação ao público em geral, o que estava previsto para iniciar em 31 de julho.

Taro Kono, ministro responsável pela vacinação do país, disse sábado em uma transmissão pela internet que o governo deixará aos municípios a decisão sobre quem deve ser priorizado quando a vacinação dos idosos for concluída.

Tamura disse que quer que os governos locais devem se preparar para administrar vacinas aos elegíveis com menos de 65 anos, priorizando aqueles com comorbidades.

O governo também está considerando administrar a vacina da empresa farmacêutica norte-americana Moderna Inc., que foi aprovada no Japão em maio, em locais de trabalho, para acelerar ainda mais o lançamento, disse ele.

Centros de vacinação COVID-19 em grande escala administrados por pessoal das Forças de Autodefesa começarão as operações em grande escala a partir de segunda-feira (31), uma semana após a abertura, aumentando o número máximo de vacinações por dia para 10.000 em Tóquio e 5.000 em Osaka.

Os locais de vacinação, que atualmente visam aqueles com 65 anos ou mais, estão disponíveis para cerca de 9 milhões de pessoas na área metropolitana de Tóquio e para cerca de 4,7 milhões de pessoas nas prefeituras de Osaka, Kyoto e Hyogo.

O estado de emergência, atualmente está em vigor em nove prefeituras, incluindo Okinawa, que foi recentemente adicionada como a 10ª prefeitura, pode acabar antes do vencimento planejado, em 20 de junho, dependendo da situação de números de casos, mas “as medidas devem continuar a ser tomadas mesmo depois de levantado para evitar um ressurgimento “, disse Tamura.

Leia também:

As vacinas Sinopharm contra a COVID-19 parecem seguras e eficazes

Japão intensifica esforços para conter variante indiana à medida que os casos aumentam

 

Japão estende estado de emergência até 20 de junho, com o aproximar das Olimpíadas

#coronavírus


Vacinas COVID estarão disponíveis para todos com menos de 65 anos no Japão ao mesmo tempo Japão