Venda de batons cai drasticamente no Japão devido à pandemia

A venda de “gloss e batom” caiu drasticamente no Japão depois que a pandemia forçou as pessoas a usarem máscaras como modo de prevenir contaminação pelo coronavírus.

Nós retiramos as amostras das lojas como medida preventiva contra o coronavírus“, disse o escritório que gerencia as redes de farmácia Ohga Pharmacy a respeito da seção de cosméticos de uma loja de Hakata, em Fukuoka. Geralmente, as amostras dos batons ficam expostas nas prateleiras para os clientes verem como os produtos ficam em si, mas a operadora decidiu guardá-las no começo de abril por preocupações a respeito de contaminações, visto que um alto número de pessoas poderia usar o mesmo produto.

A farmácia pesquisou as tendências de vendas de fevereiro a abril em sete de suas lojas que não foram muito afetadas pela demanda de entrada de turistas. A pesquisa constatou que, enquanto as bases, blushes e maquiagem para os olhos tiveram uma queda de aproximadamente 20% nas vendas em comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas de produtos para os lábios como gloss e batom caíram 50%.

O declínio na demanda por itens para maquiagem labial foi especialmente significativo em abril, com queda de mais de 60% nas vendas, lembrando que em abril foi declarado o estado de emergência em boa parte das províncias do Japão e a população começou a se proteger mais.

Outro fator que influênciou a queda da venda de batons foi o fato de que as pessoas estão evitando sair de casa, visto que o isolamento social é uma das medidas mais efetivas para ajudar na queda da disseminação do coronavírus, então menos pessoas estão se arrumando e usando menos maquiagem.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.