Você contrataria “babás homens” por aplicativo de celular?

Aqui está um dos temas mais polêmicos dentro do universo da maternidade. Antigamente a palavra babá era diretamente associada as mulheres, mas como está atualmente? 

A demanda por babás está aumentando devido a falta de berçários, e o avanço das mulheres na sociedade, que muitas vezes precisam voltar a trabalhar por conta de suas carreiras. Com isso, nasceu um aplicativo no Japão chamado “KIDS LINE” onde mães podem procurar por babás em alguns cliques. A procura por babás pelo aplicativo tem aumentado pelo fácil acesso e pelo baixo custo.

“Babás homens” e o motivo do KIDS LINE não ter dado certo para os homens

No dia 4 de junho o aplicativo KIDS LINE suspendeu temporariamente o registro de babás homens. O motivo seria que um dos babás registrados teria tocado nas partes íntimas da criança que ele estava cuidando. “Os especialistas apontaram que homens têm maior probabilidade de cometer crimes sexuais”, disse o representante do aplicativo quando suspendeu o registro de babás homens- se você perguntar a minha opinião sobre isso, ficaria sem resposta.

Pedofilia e transtornos mentais causado em crianças

Todo mundo que está lendo aqui sabe que pedofilia é crime. É crime no Japão e no Brasil, e psicologicamente, ter interesse sexual por crianças é um desvio sexual e um transtorno mental.

Adultos que sofreram abusos quando criança tem lembranças dos acontecimentos, e carregam aquilo consigo sem conseguir esquecer o que na verdade gostariam de apagar da memória. Os casos de abusos em crianças muita das vezes não são descobertos, já que a maioria das crianças são ameaçadas para não contarem aos outros, ou às vezes não tem capacidade para compreender a situação.

Segundo ao banco de dados da polícia, anualmente acontecem cerca de 5,000 casos de crimes sexuais forçados -esses são os dados relatados a polícia, claro que devem existir muito mais casos.

Tais crimes são inaceitáveis, e requerem uma ação decisiva, pois os culpados se não tiverem um tratamento adequado podem vir a cometer os mesmos crimes novamente. A pedofilia é um crime inaceitável, já que são crimes cometidos em crianças desprotegidas, causando grandes problemas para o futuro delas.

Os papeis sociais e as diversas profissões

Será que seria certo tirar os homens do aplicativo de babás pelo o ocorrido? Essa é a maior pergunta que fica no ar.

Antigamente, por exemplo, não existia a profissão “aeromoço” (ou comissário de bordo). Hoje em dia, é normal vermos homens trabalhando dentro do avião, e ninguém mais acha estranho, pelo menos não ao meu ver. Mas ainda existem discriminação e distinção sexual em muitas ocupações. Em particular, serviços que tendem para o lado de trabalhos domésticos ou de cuidado com crianças são vistos dessa forma.

Homens que gostam de fazer serviços domésticos recebem comentários estranhos… Por serem homens, talvez não deveriam gostar de fazer os afazeres domésticos? Existem certas “divisões invisíveis” entre as profissões que nos fazem questionar vários assuntos ao mesmo tempo.

Formas de prevenção e a realidade

Como uma forma de prevenção, o aplicativo não aceitaria mais o registro de homens: considerando o fator da pessoa ser… homem. Não consigo dizer a vocês se por causa de um, todos devem ser castigados.

Concluir que “os homens correm mais risco de cometer crimes sexuais, por isso não deveriam ser babás” é uma teoria difícil de aceitar, contando que no Japão atualmente há cerca de 50 milhões de homens adultos. No ano passado, cerca de 6,000 homens foram presos por crimes sexuais, quer dizer que 49,994,000 homens não estão relacionados a crimes sexuais, e não podem mais tentar carreira como babá no aplicativo. Claro que não serão todos os homens, mas quantos deles talvez não gostariam de seguir carreira nesse ramo?

Talvez a melhor forma de combater a esse tipo de crime, seria criar um banco de dados vinculado com o aplicativo para ver se a pessoa tem algum antecedente criminal, mas isso não passa de uma ideia.

Todos nós devemos ajudar a proteger as crianças, mas creio que a escolha de aceitar ou não um babá homem deveria partir dos pais que iriam contratar, e não da empresa do aplicativo banindo todos os homens por causa de um.

#diaadia


 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.