Uma simulação de computador feita no Japão sobre o aumento médio da temperatura global ao longo dos próximos 80 anos, indicou que condições climáticas extremas aguardam as gerações mais jovens.

“Chuvas torrenciais e ondas de calor exacerbadas pelo aquecimento global aumentaram visivelmente nos últimos anos”-disse Hideo Shiogama, líder da equipe e chefe de divisão do NIES.

O que as previsões da equipe de pesquisa indicam é que as gerações futuras serão expostas a ondas de calor fulminantes em uma escala que seus avós nunca viram antes, além de experienciarem tempestades violentas com uma certa frequência.

A previsão computadorizada dos cientistas do Instituto Nacional de Estudos Ambientais da Universidade de Kyoto e da Universidade Ritsumeikan (ambas localizadas em Kyoto), apresenta um cenário muito extremo, caso o aquecimento global não for controlado e a temperatura subir cerca de 4,8 graus até 2.100.

Impacto para as gerações futuras 

Você imagina como será a vida no planeta Terra em 2100? International

Crédito: iStock Photo

As novas gerações e seus descendentes enfrentarão temperaturas diurnas extremas se a situação atual não for controlada. O aumento do aquecimento global produzirá um maior volume de vapor na atmosfera, desencadeando chuvas mais pesadas em uma frequência e escala inimaginável.

Os pesquisadores disseram que condições extremas de calor poderão ocorrer 400 vezes ou até mais ao longo da vida de uma pessoa, se a temperatura média global subir 4,8 graus.

No entanto, se o aumento médio da temperatura diminuir em 2 graus o extremo calor e chuvas pesadas ocorrerão no máximo de 10 a 1,5 vezes (respectivamente). A pesquisa pode ser acessada clicando aqui.

Japão e o aumento da temperatura global

Você imagina como será a vida no planeta Terra em 2100? International

Crédito: Getty Images

O Japão e mais de 120 países se comprometeram a reduzir as emissões de gases do efeito estufa para zero até o ano de 2050. E essa redução está sendo feita por meio de programas massivos de plantio de árvores, mudanças tecnológicas, entre outras formas para manter o aumento entre 1.5 e 2 graus.

Leia também:

Criança de 5 anos morre após ser deixada sozinha no ônibus escolar por horas em Fukuoka

Atletas olímpicos lutam contra o calor extremo de Tóquio; alguns sugerem mudança de horário

 

#diaadia


Você imagina como será a vida no planeta Terra em 2100? International