Fusão entre dois mundos: Japão pelos olhos de uma mestiça

2020.03.27

Quem nunca teve o sonho de um dia poder visitar o Japão? Conhecer uma cultura totalmente fascinante, aprender um novo idioma, poder experimentar as variedades da culinária, apreciar as flores das cerejeiras de perto (hanami), ver os arranha-céus de Tokyo, e se surpreender com a tecnologia e a beleza das cidades tradicionais?

Acredito que a maioria das pessoas já tiveram esse desejo. E se você está tendo a oportunidade de morar em um país tão diversificado, assim como eu, deve ter sentido um grande choque cultural. Irei listar para vocês algumas das primeiras impressões que tive ao chegar ao Japão!

A primeira delas sem dúvidas foi quanto ao idioma. A língua japonesa é bem diferente do que estamos acostumados a ouvir no Brasil, então de início pode demorar um pouco para se habituar com o novo idioma.

Outra impressão que tive da diferença cultural, foi que o Japão é bem limpo e organizado. Não é muito comum encontrar lixeiras pelas ruas, e por esse motivo os  japoneses muitas vezes carregam os próprios lixos.

É possível perceber  o choque cultural em relação aos meios de transportes sempre pontuais – mas claro, eventualmente também acontecem pequenos atrasos. O Japão possui um sistema de transporte público muito bom, que conta com linhas que ligam o país inteiro. É muito provável você ir de um extremo ao outro utilizando o Shinkansen (trem-bala) que vai a uma velocidade de 300 km/hora ou até mais, porém possui um custo um pouco mais salgado.

Outra diferença, que percebi foi a forma como os japoneses se vestem, muitos não ligam para a combinação das peças, nos padrões e sensos estéticos considerados “normais”. Acho incrível essa liberdade de se vestir como bem entendem, ninguém vai te julgar por estar de chinelos e meia, usando uma cor de roupa diferente, ou até mesmo se tiver de pijamas na rua! A única coisa que temos que ter em mente é o respeito pelas diferenças do próximo.

Mais um choque cultural, são os banheiros, que são bem tecnológicos, limpos e diferentes do que estamos acostumados a ver no mundo ocidental. Os banheiros do Japão, em sua grande parte, contam com um sistema automatizado (high-tech) com sensores que são capazes de aquecer, enxaguar, tocar músicas entre outras funções. Curioso e engraçado né?

Para finalizar quero citar mais uma das diferenças culturais, que é o respeito pelo próximo. No Japão é muito comum as pessoas respeitarem as filas, devolverem objetos perdidos, respeitarem as regras, serem gentis ao cumprimentar alguém na rua em forma de ojigi (ato de se curvar) para demonstrar o respeito pelo outro.

Essas foram algumas das primeiras impressões do choque cultural que senti ao chegar no Japão. O Japão é um país com muitas curiosidades e peculiaridades que para outros países podem parecer coisas de outro mundo. Mas essas diferenças são frutos de uma cultura milenar que teve que se adptar às consequências da globalização e do avanço da tecnologia.

Essas foram as diferenças culturais que eu percebi ao chegar no Japão! Tentei resumir para vocês, espero que gostem.

♥ Sobre mim 

Fusão entre dois mundos: Japão pelos olhos de uma mestiça

Meu nome é Vivian Kieko, tenho 19 anos e sou apaixonada pela arte. Adoro aprender coisas novas, ler e viajar. Acredito que a arte é uma poderosa ferramenta de expressão. Meu hobby preferido sem dúvidas é a música. Minha meta para 2020 é me dedicar aos estudos de japonês e aprender mais sobre a cultura japonesa. Uma frase que gosto muito é do trecho do livro “Muito Além do Tempo”, que diz assim: “Vá atrás dos seus sonhos e você não irá se arrepender. Qualquer coisa pode acontecer se você se permitir”.


Fusão entre dois mundos: Japão pelos olhos de uma mestiça