Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Nas camadas da crosta terrestre existem várias placas tectônicas, que são enormes blocos na qual fazem parte da camada externa do planeta Terra. Essas placas tectônicas se movem alguns centímetros por ano, e isso faz os abalos sísmicos acontecerem.

Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Fonte: Static Jishin

Normalmente o epicentro dos terremotos estão perto da fronteira de placas tectônicas, e o Japão fica em cima de quatro placas tectônicas: Placa do Oceano Pacífico, Placa das Filipinas, Placa Euroasiática e a Placa Norte-Americana. As placas tectônicas se movem, e quando a sua intensidade é grande podemos sentir o abalo na superfície da Terra.

Existem três tipos de terremotos:

1-  Causados por desabamentos: a intensidade desse tipo de terremoto é menor, eles acontecem por causa de alguma ruptura ou deslizamento de blocos rochosos internos;

2- Causados por vulcanismo: esse tipo de terremoto pode ser sentido até de lugares mais distantes, eles acontecem por alguma ruptura ou erupção interna do magma ou de gases retidos sob grande pressão;

3- Causados por tectonismo, quando as placas da crosta terrestre se chocam, indo para direções diferentes. Esse tipo de terremoto é o que mais acontece no mundo.

10% dos terremotos da Terra acontecem no Japão

Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Fonte: Static Jishin

O território japonês faz parte de apenas 1% da Terra. O Japão é menor que o município de São Paulo, e mesmo assim, 10% dos terremotos do mundo acontecem aqui. No Japão já aconteceram terremotos grandes: terremoto de Hanshin Awaji (magnitude 7,3), terremoto de 11 de março no Norte do Japão (magnitude 9,0); os dois terremotos deixaram muitos mortos e milhares de casas destruídas.

É possível prever os terremotos no Japão?

Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Fonte: Static Jishin

Pesquisas indicam que há 70% de chance de acontecer um terremoto de magnitude 8 à 9 na região Tokai (Aichi, Gifu, Mie e Shizuoka). Há estudos também para prever o tamanho do abalo sísmico, e a probabilidade de acontecer mais terremotos entre um tempo determinado após o primeiro abalo. Atualmente, quando acontece um terremoto no Japão, algumas redes de televisão param com a sua a programação para avisar sobre terremotos, e os celulares smartphones disparam um alarme avisando que acontecerá um terremoto.

Como saber se o seu celular já está programado para tocar o alarme? Siga as instruções abaixo:

iPhone> Notificações> Alertas do governo> ON

Android>

Opção 1: Configurações> Redes sem fio e outras> Mais> Alertas de emergência

Opção 2: Mensagens> Configurações> Configurações de mensagens de emergência

Windows Phone: Mensagens> … > Configurações> Alertas de emergência

Blackberry: Mensagens> Opções

Você sabia?

Por que os terremotos são frequentes no Japão?

Fonte: Static Jishin

Todos os dias temos terremotos no Japão, porém muitas das vezes a intensidade é tão pequena quem nem percebemos. Aqui você pode ver os abalos sísmicos do dia, a página está traduzida em 15 línguas.

 

VÍDEOS RELACIONADOS

 

Leia também:

Internautas postam fotos de onde estavam quando o ocorreu o terremoto de 7,3 na costa de Fukushima

Kit de sobrevivência em caso de terremoto

As máquinas de suco do Japão podem salvar sua vida em um desastre- ENTENDA


Por que os terremotos são frequentes no Japão?