Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas… quanto custa isso?

2020.02.12

Todos sabem que vir para o Japão não é nada fácil, por conta de ser um dos países mais caros da Ásia. Mas mesmo assim, podemos nos preparar e gastar bem menos.

As Olimpíadas de 2020 no Japão está bem próxima, e por se tratar de um evento esportivo gigantesco, irá atrair muita gente do mundo inteiro.

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Para quem está perdido nas datas, os jogos acontecerá em Tóquio entre 24 de julho e 9 de agosto. Lembrando que logo em seguida, será a Paraolimpíadas, entre 25 de agosto à 6 de setembro.

Com as nossas dicas, queremos que você aproveite esse evento e o Japão conforme o seu bolso.

Para começar, é bom lembrar que o Japão é MUITO LONGE e BUROCRÁTICO! Então, você deve ficar atento aos preços das passagens aéreas de cada companhia, pois podem sofrer alterações relevante em certos dias e não podemos esquecer sobre o visto para poder entrar no Japão.

Vamos colocar valores referente de uma viagem com saída de São Paulo no dia 24 de julho e retornar no dia 7 de agosto. Serão duas semanas no Japão, aproveitando as Olimpíadas e o Japão, óbvio. Sobre hotéis e alimentação serão estimulado referente a cidade de Tóquio, que por sinal é o lugar mais caro dentro do Japão.

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Separamos em dois estilos, o econômico (padrão) e o moderado – caso você for rico, pode pegar meu whatsapp e a gente conversa ”pessoalmente” hahaha .

Econômico (padrão)

Passagem aérea – Classe econômica; R$ 6.300 ~

Hospedagem/diária – Hotel 3 estrelas; R$ 430 ~

Alimentação/dia – R$ 150 ~

Transporte interno/Japan Rail Pass – R$ 1.793

Gastos com visto – R$ 215

Ingressos – R$ 330 (Badminton masculino; Fases de Grupos)

Total: R$ 16.758~

Moderado

Passagem aérea – Classe econômica; R$ 6.300 ~

Hospedagem/diária – Hotel 4 estrelas; R$ 2.000 ~

Alimentação/dia – R$ 300 ~

Transporte interno/Japan Rail Pass – R$ 1.793

Gastos com visto – R$ 215

Ingressos – R$ 686 (Basquete feminino; Quartas de final)

Total: R$ 41.194~

Para poucos

Passagem aérea – Classe executiva; R$ 23.000 ~

Hospedagem/diária – Hotel 5 estrelas; R$ 4.540 ~

Alimentação/dia – R$ 500 ~

Transporte interno/Japan Rail Pass – R$ 1.793

Gastos com visto – R$ 215

Ingressos – R$ 5.367 (Atletismo; Final + cerimônia de vitória e premiação)

Total: R$ 100.935~

Passagens

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Os valores das passagens não tem segredos, quanto mais perto de uma data importante dentro do país que irá visitar, claro, ficará mais caro!

É importante que você reserve o quanto antes o bilhete do voo, não pense que irá ficar barato ”do nada” as passagens… é pouco provável isso ocorrer.

A justificativa plausível de ser tão caro as passagens para o Japão, é pelo fato da distância e pelas escalas obrigatórias nos aeroportos.

Fora de época, você encontra passagens aéreas para o Japão pela metade do preço,  3 mil reais. (É de deixar qualquer um indignado!)

Visto

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Para você poder sair do aeroporto, nós brasileiros, precisamos de ter um visto especial. Nesse caso, é necessário pedir um visto de curta permanência no país, o visto de turismo (é válido por apenas três meses a partir da data de emissão).

Você pagará uma taxa de R$97 e uma outra taxa de serviço de R$ 118 para poder ter em mãos o visto de permanência no país. O pagamento é feito no momento da retida do visto, em dinheiro.

Quer solicitar o seu visto? Vá ao consulado japonês de sua cidade ou a embaixada do Japão e preencha um formulário de solicitação de entrada no Japão. Se informe também sobre quais itens devem ser apresentados.

Por ser burocrático a entrada, você irá passar por uma análise e se tudo der certo… você poderá vir ao JAPÃO!

Hotel, alimentação e transporte

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Sobre os hotéis, mesmo faltando seis meses para as Olimpíadas, as vagas estão cada vez mais difíceis de reservarem. E quando sobram, são caríssimas.

Uma dica que eu dou para vocês é procurarem hotéis afastado do centro da cidade e que tenha uma estação de trem ou metro perto. Pronto, você vai economizar dinheiro e tempo procurando por quartos vagos. É bom sempre lembrar, não fiquem com medo de hotéis ”sem nome” ou se tal lugar é um local seguro… -não preciso falar o motivo né, gente.

Vamos falar sobre alimentação. Você estar no Japão, é óbvio que você tem que estar infiltrado na cultura do país para valer à pena o passeio. Porém, temos que tomar cuidado onde nós vamos comer… afinal, você estará em cidades grandes e o custo é alto.

Não menospreze o ambiente, por ser velho ou aparentemente ”sujo” e achar que será barato a refeição. Você pode acabar quebrando a cara ou pegar o cardápio e se assustar.

Bem lembrado, sobre valores, não converta o real para o ien ou vice-versa, tente comparar o valor com outras coisas que estão em sua volta. Exemplo, uma coca 500ml na conveniência custa 150 ienes, no mercado custa 80 ienes e no restaurante que você estiver custar 600 ienes… está caro. No máximo 400 ienes seria o ideal.

São esses detalhes pequenos que fará toda a diferença no final do dia.

Uma dica que eu daria é, gaste 1,500 ienes por refeição por adulto e 800 ienes por criança. Com esse valor, você consegue ir em bastante restaurantes por aqui e comer bem. A maioria dos restaurantes aparentemente estilo ocidental, tem seu menu com pratos japonês, o Washoku (Joyfull, Bikkuri Donki, Denny’s, Saizeriya, Sukiya, Yoshinoya  e muitos outros).

Os transportes público é o negócio aqui. Porém, não é barato… mas é eficaz.

Aqui no Japão não funciona o Uber da mesma maneira que estamos acostumado a ver no Brasil e em outros países. O Uber é apenas um aplicativo que você usará para chamar o Táxi (e táxi, não é barato).

Use bastante os transporte público! Ônibus, trens e metros serão a salvação tanto para o bolso, como também no tempo, já que são bem precisos nos horários.

Para você não se preocupar com a compra de tickets de transportes público, compre o pacote Japan Rail Pass, um bilhete para ter acesso ao trem bala, trens regulares e ônibus. O preço não é barato, mas no fim você irá perceber que economizou muito dinheiro e tempo.

O preço é de R$ 1.145 para sete dias de uso. Caso, você não for se deslocar tanto assim, aconselho comprar na hora a sua passagem. Lembrando que aqui você paga pela distância, quanto mais longe você for com o transporte público mais caro será.

Finalmente, INGRESSOS

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

O Comitê Organizador das Olimpíadas estabeleceu distribuidoras oficiais para vender os ingressos dos jogos, chamadas de Authorised Ticket Reseller (ATR).

Os ingressos foram liberados a partir de R$ 90, mas lógico que tem outros ingressos que chegam na casa de 10mil reais -cof cof.

Mas infelizmente os ingressos mais baratos já se esgotaram, então provavelmente você terá que pagar ”um pouco” mais caro, caso queira assistir o jogos. Futebol? Basquete? Vôlei? já foram todos vendidos…

Mas tem o outro lado da moeda, nada está perdido. Talvez, só de você estar atrás do estádio, tomando uma ”breja”, em um barzinho típico japonês e torcendo para a sua seleção já é suficiente para ter uma experiência bem bacana ao lados dos japoneses.

Caso você não quer gastar nada com ingressos, tenho algumas dicas para vocês.

Marota e ciclismo são os dois esportes que acontecem na rua e é possível estar lá torcendo gratuitamente. Problema será acompanhar eles, mas é para isso que você usará os transportes públicos haha

Pela sua segurança, aconselho não comprar os ingressos que não sejam oficiais do evento, principalmente com pessoas físicas. Pronto, deixei avisado, heim?

A Match Hospitality AG, companhia responsável por realizar a venda oficial de ingressos no Brasil, afirmou que a plataforma de revenda estará disponível, mas apenas para os compradores que conseguiram adquirir pelo site de vendas de Tóquio e não para os ingressos adquiridos pelos revendedores oficiais dos países.

Ou seja, o viajante brasileiro que comprou na revendedora oficial do país não poderá revender seu ingresso.

Os ingressos não são nominais, caso desista você pode presentear algum amigo ou familiar para estar indo no seu lugar. Não foi explicado detalhadamente como seria a revisão para esse tipo, então fique atento e tente deixar algo que comprove que foi ganho e não comprado de terceiros.

Ien

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

O ien é a moeda oficial do Japão e no mundo dos negócios, só fica para trás quando se trata de dólar ou euro.

Recomendo que compre primeiro o dólar ainda no Brasil, depois que pisarem no Japão vocês façam suas trocas para o ien.

“O iene é considerado uma moeda exótica, pouco negociada no Brasil. Assim, você acaba tendo menos liquidez e procura, o que reflete diretamente no preço. Então, você acaba pagando mais caro nessa moeda aqui no Brasil, o que não acontece com o dólar”, explica o especialista.

Dica: Não tente pagar com dólar dentro do Japão, provavelmente só no aeroporto que irá aceitar.

Faltar 1 ien na hora da compra de qualquer coisa, já é o suficiente para você não levar o produto embora. Aqui eles dão o troco certinho, independente do valor.

Coronavírus

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?

Sim, temos que falar sobre isso… é importante.

O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, confirmou que não é preciso ficar com receio de vir se a questão for o coronavírus. É óbvio que ele se posicionaria dessa forma, afinal foram muitos milhões investido no evento.

São mais de 60 casos confirmados com infecção do coronavírus, mas nenhuma morte até o momento (dentro do Japão).

Temos que ser sincero, por se tratar de um preço relativamente alto para vir e tudo mais… realmente é arriscado de comprar e desistir de última hora.

Mas o Japão tem um ”tempo” até lá para controlar da melhor maneira a proliferação do vírus. Mas eu acredito que será um sucesso essas olimpíadas e quem vir não irá se arrepender –eu acho tá.

Além do mais, estamos falando do Japão, caso for algo realmente preocupante o próprio país alertará e cancelaria os jogos para não colocar em risco os turistas e atletas.

“De uma maneira geral, os viajantes que não conseguem adiar ou cancelar por motivos maiores, a principio, não devem cancelar. Já aquele que já estava se planejando com uma antecedência e está com um temor, pode acabar desistindo e postergando os preparativos para o futuro”

O outro lado da moeda é que, com essas conturbações em relação ao vírus faz com que os preço de turismo para o Japão fique relativamente mais barato. Justamente para incentivar o turismo e não fazer o comprador pensar duas vezes em realizar um sonho ou planejamento.

Mas ainda é muito cedo para colocar ”as manguinhas” para fora e afirmar o que realmente pode acontecer até lá. Mas é por isso que temos o nosso site para sempre atualizar vocês com as novidades do Japão!

Fonte: https://www.infomoney.com.br/consumo/quanto-custa-viajar-para-o-japao-nas-olimpiadas-de-2020/

Quero ir para o Japão assistir as Olimpíadas de 2020! Mas... quanto custa isso?