SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS

2021.09.24

Os recipientes usados para servir o saquê, (shuki /酒器) são bem diversificados assim como a própria bebida, que varia em temperatura, sabor e aroma. Neste post vamos listar alguns desses recipientes e contar algumas curiosidades sobre o saquê.

Saquê (お酒)/ Nihonshu (日本酒)

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS

Crédito: iStock Photo

O saquê é uma bebida alcoólica fermentada tradicional do Japão que é produzida a partir de três ingredientes, sendo eles: o arroz, a água e o kōji (aspergillus oryzae) que é um fungo filamentoso muito utilizado nas culinárias chinesa e japonesa. No Japão, o termo “saquê” se refere às bebidas alcoólicas em geral, enquanto a infusão de arroz é conhecida como nihonshu.

Acredita-se que a primeira produção de saquê aconteceu no século III na província de Nara, antiga capital japonesa. O nihonshu pode ser servido e consumido em uma ampla faixa de temperatura que varia entre 5 a 60°C. Você sabia que tanto o sabor quanto o aroma da bebida também variam de acordo com a temperatura?

Ochoko (お猪口)

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS  Crédito: iStock Photo

O ochoko é um dos recipientes que mais simbolizam o saquê. Eles são pequenos copos que podem ser feitos de vários materiais, como a porcelana e a cerâmica por exemplo.

Guinomi (ぐい呑み)

É uma versão um pouco maior do ochoko, este recipiente é usado em situações de consumo um pouco mais intenso. As principais diferenças entre um ochoko são as bordas mais largas e o tamanho um pouco maior.

Masu (枡)

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS  Crédito: iStock Photo

O masu, um recipiente quadrado geralmente feito de madeira, era usado inicialmente como uma ferramenta de medição. Atualmente, este recipiente é utilizado para fins de cerimônia e simboliza a prosperidade.

Tokkuri (徳利)

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS  Crédito: iStock Photo

O tokkuri é um recipiente mais alto e fino semelhante à uma jarra para servir o saquê. Seu uso é conveniente na hora de servir a bebida, pois ele atua como um intermediário entre a garrafa e o ochoko.

Taças de vinho

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS  Crédito: iStock Photo

As taças de vinho estão se tornando cada vez mais populares entre os apreciadores de saquê. São ideais para quem deseja experimentar a bebida pela primeira vez e depois começar a explorá-la melhor.

 Como as xícaras afetam o sabor do saquê?

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS

Crédito: iStock Photo

O material que a xícara é feito pode afetar o sabor do saquê. Por exemplo, se você estiver servindo algum saquê com aroma frutado e de sabor delicado, o ideal seria usar copos de vidro, mas ao servir bebidas encorpadas e de sabor mais forte, o material da xícara indicado é a porcelana, pois este material tende a suavizar o sabor do saquê. Você sabia que além do formato do material, a espessura do recipiente também pode afetar o sabor do saquê?

Para beber o saquê frio, é indicado o uso de um ochoko pequeno feito de porcelana, metal ou vidro. Para beber saquê quente, é indicado um tokkuri de porcelana ou cerâmica. Para quem deseja apreciar mais o aroma, o recipiente mais indicado é um guinomi ochoko ou uma taça de vinho, uma vez que estes recipientes são feitos para estimular os aromas e permitir que eles sejam absorvidos integralmente.

Curiosidades sobre os tipos de saquê

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS  Crédito: iStock Photo

Existem diversos tipos de saquê e a maioria deles é classificado de acordo com o grau de polimento do arroz. A camada externa do arroz não é ideal para a fermentação, por isso é removida no processo de polimento. Os produtores de saquê tentam aproveitar o máximo da parte interna do grão que é rico em amido e que pode ser facilmente transformado em açúcar e álcool.

O honjozo é uma categoria de saquê em que o arroz é polido em 70%, o que significa que 30% do grão é removido. Em termos de grau mais elevado, o ginjo tem polimento dos grãos de 60% e o daiginjo, o mais premium, tem polimento de pelo menos 50%.

Junmai significa que a bebida não tem aditivos, ou seja, contém apenas arroz, água, levedura e koji, o fungo rico em enzimas usado para catalisar a fermentação. O junmai puro também indica que o arroz foi polido em 70%, mas o termo também pode ser usado junto com ginjo e daiginjo.

Embora o aumento da porcentagem de polimento resulte em notas mais elevadas e muitas vezes em um preço mais alto, isso não implica em um saquê “melhor”.

Outros tipos de saquê incluem o namazake, um saquê não pasteurizado; o nigorizake (ou nigori), um saquê não filtrado e por isso tem uma cor turva e um sabor cremoso; e o shiboritato, que sai da destilaria sem passar por qualquer processo de maturação.

Não existe material, formato ou espessura correta ideal para beber o saquê. De acordo com o especialista Miyashita, a preparação do saquê é uma arte, não uma ciência e não existe uma xícara definitivamente perfeita.

Crédito da imagem de capa: iStock Photo

Veja mais:

Kintsugi – Um costume japonês que valoriza coisas quebradas

#curiosidades


 

SAIBA TUDO SOBRE OS TIPOS DE XÍCARAS PARA BEBER SAQUÊ-CURIOSIDADES JAPONESAS